Translate Fabiana Rasta´s Blog

Aperta o Play e ouça a RayCompany Web Rádio

27 de dez de 2011

O preconceito contra a mulher negra na literatura.

A MULHER DE COR E O CANIBALISMO ERÓTICO  NA SOCIEDADE ESCRAVOCRATA
RESUMO
O ROMANTISMO TRAZ A ESTÉTICA DA ORALIDADE NÃO APENAS NO SENTIDO DE O POETA DECLAMAR SEU POEMA MAS TAMBÉM PORQUE ACOMPANHA UM DESEJO DE INCORPORAÇÃO DO OBJETO DE DESEJO POIS PERCEBE-SE COM A UTILIZAÇÃO DA PALAVRA COMER ,UMA VONTADE DE FAZER AMOR COM A PESSOA DESEJADA.NO ENTANTO ,QUANDO SE TRATA DA MULHER NEGRA,O CANIBALISMO AMOROSO SE INTENSIFICA  HAJA VISTO QUE HÁ VONTADE NÃO APENAS DE “COMER” E SIM DE DEVORAR.
NO ARCADISMO,A MULHER ERA RETRATADA NA POESIA DE MANEIRA MAIS SUTIL,COM PALAVRAS MAIS REBUSCADAS E NÃO SE FALA SOBRE AS PARTES DA MULHER DE DIRETAMENTE SENÃO COM UMA LINGUAGUEM DISFARÇADA,O POETA ESTÁ DESENHANDO A AMADA.ENQUANTO NO ROMANTISMO,O POETA QUER COMER –LA.
NO SÉCULO XVII EXISTIA ENTÃO,A MULHER FLOR,AQUELA QUE ERA VISTA COM UMA PINTURA E POR ISSO DEVERIA APENAS SER RETRATADA.A PARTIR DO SÉCULO XIX A MULHER SE TORNA MULHER FRUTO ,OU SEJA A MULHER PARA SER COMIDA,POSSUÍDA SEXUALMENTE.
O POEMA  RETRATO DA MULATA  É A PASSAGEM DE DUAS ESTÉTICAS ,A NEOCLÁSSICA E O ROMANTISMO,POIS ELE COMEÇA FALANDO COMO RETRATO, CARACTERÍTICA FORTE DO NEOCLASSICISMO QUE TEM A INTENÇÃO DE RETRATAR,PINTAR A MULHER AMADA,PORÉM NO FINAL DO POEMA,A LINGUAGUEM MUDA E A MULATA É DESCRITA EM MEIO Á COMIDA,SUGERINDO ENTÃO O COMER.
NOS POEMAS SEGUINTES   Á ESTA TRANSIÇÃO,APARECE ENTÃO A MULHER PARA SER COMIDA COMO  UM FRUTO,SENDO TOCADA,CHEIRADA ETC.ENQUANTO NO NEOCLASSICISMO ERA APENAS VISTA,NO ROMANTISMO,OS OUTROS SENTIDOS DEVEM SER UTILIZADOS.OBSERVANDO O TEXTO ROMÂNTICO,O POETA DEIXA ABERTO TODOS OS SENTIDOS PARA PERCEBER A MULATA ,PORÉM,ESTES NÃO SÃO TÃO ESTIMULADOS COM A MULHER BRANCA.NO ENTANTO,ELE SE DEIXA PERCEBER EM VÁRIOS SENTIDOS ,POIS CONSIDERA A MULHER NEGRA INFERIOR,PORÉM COM A MULHER BRANCA ISSO NÃO É ACEITÁVEL DEVIDO AO STATUS DE MULHER ESPOSÁVEL.COM UMA ELE QUER FUGIR OU ENTÃO MORRER NOS BRAÇOS E PARA AQUELA QUE JULGA INFERIOR,USA TAMBÉM DE VIOLÊNCIA CANIBAL.
O QUE SE OBSERVA NA POESIA,NA VERDADE,É O QUE OCORRE NA SOCIEDADE ROMÂNTICA,O “COMER” EM RELAÇÃO Á MULHER NEGRA SE DÁ PORQUE ELA É INFERIOR SOCIALMENTE E POR ISSO É OBRIGADA A SATISFAZER SEU SENHOR  COM SERVIÇOS DOMICILIARES E SEXUAIS ,ENQUANTO A MULHER BRANCA EXIBE O STATUS DE CASAMENTO ESTÁVEL.
APÓS A PASSAGEM DA FLOR AO FRUTO ,A MULHER NEGRA AINDA SE TRANSFORMARÁ EM MULHER CAÇA,POIS O HOMEM BRANCO COMEÇA A SE UTILIZAR DE VIOLÊNCIA,COMO SE ESTA FOSSE UMA CAÇA ,LOGO UMA CAÇA ERÓTICA.
CONTINUANDO A ANÁLISE DA MULHER NEGRA COMO MULHER FRUTO,NA MODERNIDADE OBSERVA-SE MÚSICAS QUE RETRATAM A MESMA POSTURA DA POESIA ROMÂNTICA  COMO “NO TABULEIRO DA BAIANA” DE ARI BARROSO,ONDE COZINHAR E AMAR SE COMPLETAM,ENTRE AS COMIDAS DELICIOSAS QUE A NEGRA FAZ,ELA TAMBÉM SEDUZ O HOMEM COM SEU SEXO.
CONCLUINDO ,A MULHER NEGRA NA POESIA DO ROMANTISMO, FAZ PARTE DA IMAGINAÇÃO ERÓTICA DA SOCIEDADE  ESCRAVOCRATA ,ONDE OS HOMENS PODERIAM SE LIBERTAR E ASSIM EXERCER UMA DOMINAÇÃO ERÓTICA E ECONÔMICA,HAJA VISTO,QUE ERAM OS SENHORES DESTAS MULATAS.

Retrato da Mulata (Quiroga)

Crespa madeixa
Partida em duas,
As fontes tuas
Cercando assim,
Parece largo
Diadema airoso
De muito lustroso
Preto cetim.

Que bem te assentam
Faces vermelhas
E sobrancelhas
Cor de carvão!
jabuticabas Frescas, brilhantes,
Como diamantes
Teus olhos são.

Se a mim os volves
Amortecidos,
E derretidos
Em doce amor,
As negras franjas
A custo abrindo,
E despargindo
Terno langor!

Ah! que então sinto
Um tão amável,
Tão inefável,
Vivo prazer,
Que extasiado
No gozo ativo
Se morro ou vivo
Não sei dizer.

Em tuas faces
Brilha serena
A cor morena
Do buriti:
Teus lábios vertem
Rósea frescura,
Cheiro e doçura

Do jataí.

E quando os abre
Do rir e ensejo,
Pérolas vejo
Entre corais:
Como são belos
Assim molhado!
De amor gerados
Me arrancam ais.

Para roubar-me
Cinco sentidos,
Tens escondidos
Certos ladrões
Dentro do seio,
Bem disfarçados,
E transformados
Em dois limões.

A tua airosa
Bela cintura
O gosto apura
Em estreitar,
E o mais que à vista
O pejo oculta
Vontade exulta
Só de pensar.

Já que pintei-te, Minha querida,
Vênus nascida
Cá no Brasil,
Em prêmio dai-me
Muxoxos, queixas,
Quindins, me deixas,
E beijos mil.
_______________________________________________________________
NO TABULEIRO DA BAIANA(Ary Barroso)
No tabuleiro da Baiana tem
Vatapá, Carurú, Mungunza tem Ungu pra io io

Se eu pedir você me da
o seu coração,seu amor de ia ia
No coração da Baiana também tem
Sedução, cangerê, ilusão, candonblé
Pra você

Juro por Deus,pelo senhor do bonfin
quero você Baianinha inteirinha pra mim
E depois o que será de nós dois?
Seu amor é tão Fulgás enganador
Tudo já fiz, fui até no cangerê
Pra ser feliz,meus trapinhos juntar com você
E depois vai ser mais uma ilusão
no amor que governa o coração

Um comentário:

  1. A mulher negra luta contra muitos preconceitos mesmo,como podemos ler aí em cima,a nossa situação naquela época foi tão normal que alcançou a literatura,que vergonha!A mulher negra do Romantismo,época em que a escravatura estava ainda em processo de abolição,além de ser escrava dentro de casa era também na cama!Quanta falta de respeito contra o ser humano!!Bem,ao menos hj não somos mais escravas e a nao ser por força,alguém nao pode nos obrigar a manter relações sexuais.No entanto,algumas coisas não mudaram,muitos homens brancos ainda nos vêem como mulheres quentes apenas pq somos negras!Só pq sou negra tenho que ser uma "tigresa" na cama?Puro preconceito!E o pior para mim,é ver alguns homens negros preferirem assumir a mulher branca para casar pq esta traz mais status á família ,enquanto que com as negras querem apenas ter casinhos passageiros.Isso mesmo!Os próprios homens negros,pasmem!Basta olhar alguns negros de destaque se não estão casados com mulheres brancas ou loiras ou morenas...kkk como se não houvesse belas negras pelo Brasil...na verdade,eles que preferiram não nos ver!
    A mulher negra de hoje é culta,inteligente e bonita e tem vários aptidões que não são necessariamente cozinhar e saber transar...No meu caso por exemplo,eu sou cantora,escrevo artigos,componho,toco violão,sou professora de inglês e português...
    CHega de nos verem como mulher -fruto,a escravidão já passou!

    ResponderExcluir