Translate Fabiana Rasta´s Blog

Aperta o Play e ouça a RayCompany Web Rádio

1 de jan de 2014

O Rastafarianismo

Em 1962,a Jamaica conquista a sua independência.No entanto,essa conquista não atenuou ou mesmo modificou a situação social,econômica e política do povo jamaicano.  "Passada a euforia dos primeiros anos pós-independência,o momento político era efervescente:a dureza da realidade agitava os meios juvenis ,que pouco a pouco foram assimilando tradições rastafaris como forma de protesto,como hábito contra-cultural."
A origem do rastafarianismo está ligada estreitamente á figura do reverendo Marcus Mosiah Garvey,seu principal codificador.Ativista negro,Marcus Garvey profetizava a coroação de um rei africano que promoveria o retorno de todos os negros á Mãe África.

Em 1930,Lij Ras Tafari Makonnen,Sua Majestade Hailé Selassié,é coroado rei da Etiópia.Estava confirmada a profecia.Os primeiros rastafarianismos surgem nessa época na Jamaica e a sua seita é a grande força cultural da ilha há cerca de vinte anos.Toda a produção musical do reggae tem seu fundo espiritual e musical ligado ao rastafari.

Atualmente,na Jamaica,o rastafarianismo não é apenas uma seita que prega a volta do negros á África,"mas ,sobretudo,uma alternativa de uma nova nacionalidade espiritual que dá a milhares de jovens jamaicanos,deixados ao abandono entre os anos de escolaridade e um ciclo infindável de desemprego e de trabalhos degradantes ,uma identidade cultural de massa.", realidade típica e principal barreira ao desenvolvimento dos países do Terceiro Mundo.
Os rastas tem sido,temidos e perseguidos pela polícia Jamaicana,considerados como párias e foras-da -lei ,uma plebe drogada e comerciantes de ganja(maconha).O que era um pequeno culto transformou-se em movimento popular,estimando-se a existência de aproximadamente 150.000 rastas na Jamaica.



FONTE:Projeto de Iniciação Científica Reggae Nigth- Lazer ou Resistência Cultural
ALUNO:Jorrimar  Carvalho de Sousa
ORIENTADOR: Carlos Benedito Rodrigues da Silva
ANO: 1990 em São Luís

Nenhum comentário:

Postar um comentário